Gideão

“Porém os filhos de Israel fizeram o que era mau aos olhos do SENHOR; e o SENHOR os deu nas mãos dos midianitas por sete anos. E, prevalecendo a mão dos midianitas sobre Israel, fizeram os filhos de Israel para si, por causa dos midianitas, as covas que estão nos montes, as cavernas e as fortificações. Porque sucedia que, semeando Israel, os midianitas e os amalequitas, e também os do oriente, contra ele subiam. E punham-se contra ele em campo, e destruíam os frutos da terra, até chegarem a Gaza; e não deixavam mantimento em Israel, nem ovelhas, nem bois, nem jumentos. Porque subiam com os seus gados e tendas; vinham como gafanhotos, em grande multidão que não se podia contar, nem a eles nem aos seus camelos; e entravam na terra, para a destruir. Assim Israel empobreceu muito pela presença dos midianitas; então os filhos de Israel clamaram ao SENHOR. E sucedeu que, clamando os filhos de Israel ao SENHOR por causa dos midianitas; Enviou o SENHOR um profeta aos filhos de Israel, que lhes disse: Assim diz o SENHOR Deus de Israel: Do Egito eu vos fiz subir, e vos tirei da casa da servidão; E vos livrei da mão dos egípcios, e da mão de todos quantos vos oprimiam; e os expulsei de diante de vós, e a vós dei a sua terra. E vos disse: Eu sou o SENHOR vosso Deus; não temais aos deuses dos amorreus, em cuja terra habitais; mas não destes ouvidos à minha voz. Então o anjo do SENHOR veio, e assentou-se debaixo do carvalho que está em Ofra, que pertencia a Joás, abiezrita; e Gideão, seu filho, estava malhando o trigo no lagar, para o salvar dos midianitas. Então o anjo do SENHOR lhe apareceu, e lhe disse: O SENHOR é contigo, homem valoroso. Mas Gideão lhe respondeu: Ai, Senhor meu, se o SENHOR é conosco, por que tudo isto nos sobreveio? E que é feito de todas as suas maravilhas que nossos pais nos contaram, dizendo: Não nos fez o SENHOR subir do Egito? Porém agora o SENHOR nos desamparou, e nos deu nas mãos dos midianitas. Então o SENHOR olhou para ele, e disse: Vai nesta tua força, e livrarás a Israel das mãos dos midianitas; porventura não te enviei eu? E ele lhe disse: Ai, Senhor meu, com que livrarei a Israel? Eis que a minha família é a mais pobre em Manassés, e eu o menor na casa de meu pai. E o SENHOR lhe disse: Porquanto eu hei de ser contigo, tu ferirás aos midianitas como se fossem um só homem.” (Juízes 6: 1 a 16)

Na época em que foi escrito o livro de Juízes, em Israel não havia rei, os juízes é quem governavam e julgavam o povo, ao todo foram 13 juízes até que Deus escolhesse o primeiro rei.

Durante o período de governo dos juízes o povo estava perdido em meio a idolatria e na prática da imoralidades.

Neste período havia fome e desorganização do povo. O livro de Juízes começa com o relato da morte de Josué, o escolhido por Deus para tomar posse da terra prometida, ele era jovem e estrategista. Deus cumpriu a promessa da terra, deu aos israelitas descanso sobre a terra conquistada, mas logo veio a opressão sobre aquele povo. Essa opressão foi causada pela desobediência, os israelitas fizeram o que era mau diante do Senhor, então o Senhor os entregou nas mãos dos midianitas. Tudo o que eles faziam dava errado, uma crise em Israel foi instaurada, não havia o que comer e o que vestir.

“Assim Israel empobreceu muito pela presença dos midianitas; então os filhos de Israel clamaram ao SENHOR. Enviou o SENHOR um profeta aos filhos de Israel, que lhes disse: Assim diz o SENHOR Deus de Israel: Do Egito eu vos fiz subir, e vos tirei da casa da servidão;” (Juízes 6: 6 e 8)

Quando as coisas apertam e ficam dificeis, as coisas começam a faltar e o panorama é de destruição, são nessas horas que nos lembramos de Deus. Israel clamou a Deus, e Ele ouviu e enviou um profeta, mas ainda assim o povo não deu ouvidos.

“Então o anjo do SENHOR veio, e assentou-se debaixo do carvalho que está em Ofra, que pertencia a Joás, abiezrita; e Gideão, seu filho, estava malhando o trigo no lagar, para o salvar dos midianitas. Então o anjo do SENHOR lhe apareceu, e lhe disse: O SENHOR é contigo, homem valoroso.” (Juízes 6: 11 e 12)

Mesmo diante da dificuldade, Deus usou Gideão para livrar o seu povodas mãos dos midianitas. Deus quer nos usar para salvar nossa família.

Mesmo diante de todas as maravilhas que Deus fez através da vida de Moisés para tirar o povo do Egito, usou Josué para entrar e tomar posse da terra, o povo retrocedeu e estava em pecado, diante de tudo o que Deus fez, então Ele escolheu Gideão e disse que era com ele.

“E o SENHOR lhe disse: Porquanto eu hei de ser contigo, tu ferirás aos midianitas como se fossem um só homem.” (Juízes 6: 16)

Diante das opressões que Israel estava passando era necessário que Gideão tivesse força, coragem e fé para se colocar de pé. Cada um de nós somos o Gideão de nosso tempo não

podemos esperar que o obreiro, o pastor faça aquilo que devemos fazer, é necessário tomarmos uma atitude de coragem diante das adversidades.

“E ele disse: Se agora tenho achado graça aos teus olhos, dá-me um sinal de que és tu que falas comigo.” (Juízes 6: 17)

Gideão mesmo sabendo que Deus era com ele, fez duas provas com o Senhor. Se Deus já prometeu, não peça mais nada, confie, não peça sinal, se Ele prometeu, Ele é fiel para cumprir e te dar vitória.

“E disse o SENHOR a Gideão: Com estes trezentos homens que lamberam as águas vos livrarei, e darei os midianitas na tua mão; portanto, todos os demais se retirem, cada um ao seu lugar.” (Juízes 7: 7)

Deus disse a Gideão que separasse um exército para pelejar contra os inimigos, mas esta separação não era segundo o homem, mas segundo a vontade de Deus, muitos foram chamados, mas poucos foram os escolhidos de Deus e com apenas trezentos homens Gideão viu o exército escolhido por Deus. Deus não divide a sua glória com ninguém, Ele não precisava de um grande exército para dar a vitória a Israel. Ele está a procura daqueles que não esperam e não perdem tempo com detalhes, seja como aqueles trezentos escolhidos, foque no Senhor porque a sua vitória está mais próxima de chegar. Alguns homens podem até ter dito: “eu nasci no meio do povo de Israel e Gideão não me escolheu…”, não foi Gideão quem escolheu, foi Deus.

“Então dividiu os trezentos homens em três companhias; e deu-lhes a cada um, nas suas mãos, buzinas, e cântaros vazios, com tochas neles acesas.” (Juízes 7: 16)

Gideão era um homem estrategista e obediente a Deus, seguindo as orientações do Senhor, formou três grupos de cem homens, cada um carregando um cântaro de água e uma trombeta.

“Tocando, pois, os trezentos as buzinas, o SENHOR tornou a espada de um contra o outro, e isto em todo o arraial, que fugiu para Zererá, até Bete-Sita, até aos limites de Abel-Meolá, acima de Tabate.” (Juízes 7: 22)

Ao tocarem as trombetas e quebrarem os cântaros, os medianitas guerrearam contra eles mesmos, porque o Senhor deu a estratégia a Gideão, naquela guerra Gideão viu a mão de Deus

agir em favor de Israel. Após Gideão e os 300 descerem ao arraial dos midianitas, aqueles que ainda estavam vivos, eles terminram de destruir.

É necessário fazermos a nossa parte, porque a parte de Deus, Ele irá fazer e não falhará. O tocar da trombeta significa as nossas orações, então ore, mas também faça a sua parte. Precisamos ter uma vida de oração e quando recebermos nossa vitória ela não passará por nossas mãos.

A única coisa que Deus queria de Gideão era a coragem, assim como Ele nos pede hoje. O que tem nos enfraquecido, já que somos escolhidos de Deus? Será que nós estamos dispostos a tirar de nós mesmos aquilo que tem nos enfraquecido diante de Deus? Para aqueles que estão dispostos, o Senhor é a força!

Existem muitos homens que são uma benção, mas tem sido enfraquecido por causa das imoralidades que estão na internet, famílias estão sendo enfraquecidas, e não sabem o porque. As programações exibidas na mídia com alto teor de imoralidades, pornografias, estão matando famílias inteiras, o diabo não tem mais escondido suas intenções está tudo explícito, e muitas pessoas tem deixado contaminar a mente causando o enfraquecimento na comunhão e intimidade com Deus e não sabem onde estão errando.

O Senhor quer te fortalecer, estamos vivendo os últimos dias da igreja e Deus pergunta a quem enviarei? Não podemos pensar que o Senhor vai cumprir todas as promessas que Ele tem para nossas vidas, estando com uma fé morta, Ele quer levantar Gideões na nossa geração, o Senhor não está escolhendo apenas pastores e obreiros, Ele está a procura de servos para a sua seara. Será que você está disposto a se levantar e tomar a posição de Gideão deste tempo? Pense nisso!!!

 

Pregação Pastor Cristiano Maximiano no Culto da Vitória na IBE Taguatinga

Transcrito por Aline Melo

1 Comentário

  1. Leila Trindade escreveu em 05/08/2019:

    Ricamente abençoada com a palavra de Deus.

    Responder